Mértola - Em demanda do Islão

Por ser a casa de Deus, o espaço do templo é expressamente concebido para propiciar o contacto da humanidade com a divindade transcendente, mas também com a imanente, manifestando, como tal, um complexo universo de referências cosmológicas,
ideológicas e de fé, encarnadas por símbolos e liturgias (que não deixam de ser símbolos). A legibilidade de uns e de outras será tanto mais efectiva quanto mais proficiente for o observador no concomitante conhecimento dos dogmas e sistemas de ideias subjacentes às formas (geométricas, aritmológicas, etc.), bem como no controlo e capacidade de direccionar para elas a sua intuição (educada pela oração mental, decorrente dos exercícios espirituais propostos por todos os credos religiosos, sem excepção).

A partir da sua mesquita (actual igreja matriz), esta visita à Myrtilis dos romanos servirá de pretexto para a abordagem de algumas das ideias chave do Islão, designadamente no que respeita à sua componente escatológica e milenarista.