Sul ou da Epístola


 

          Segundo uma nota manuscrita autógrafa de José Tomás no exemplar n. 28 de Os Parochos de Mafra de 1770 a 1925  (Lisboa, 1925) de João Paulo Freire, este Vestíbulo também era conhecido por Escuro de Santa Bárbara, "como sempre ouvi dizer ao sacristão velho".

O órgão de Santa Bárbara costumava tocar na sua festa, armando-se altar no vão.

 

1 - Santa Bárbara

Mármore; h = 2,45 m; subsc.: Giovanni Batistta di Rossi, 1733

 

2 - Santa Rita de Cássia

Mármore; h = 2,45 m; s. a.

 

3 - Santa Isabel Rainha de Portugal

Mármore; h = 2,45 m; s. a.

 

4 - Santa Maria Salomé

Mármore; h = 2,45 m; subsc.: Giovanni Batistta di Rossi