O projecto Monumento de Mafra Virtual




Monumento de Mafra Virtual nasceu de uma constatação: quem após visitar o Palácio Nacional de Mafra se julgue, e não serão poucos os visitantes equivocados, ciente da forma como aí se desenrolava o quotidiano cortesão e monástico, mais não fez do que passear-se por ambientes recriados segundo critérios estéticos e museológicos, senão já obsoletos, pelo menos destituídos da autenticidade histórica exigida pela maioria dos actuais utentes, para  já não referir a sua mais completa incompatibilidade com a vertente didáctica que um conjunto da envergadura física e ideológica deste, obrigatoriamente, tem de assumir, sob pena de um divórcio completo com a sua identidade histórica, cultural e artística.

Monumento de Mafra Virtual visa contribuir para uma alteração da situação descrita, propondo-se investigar, divulgar e apresentar propostas de valorização integrada e revitalização concertada do complexo Palácio-Convento-Cerco-Tapada. No âmbito delas cabe, inexoravelmente, a reformulação museográfica de um tão vasto bem patrimonial, à luz da imensa e diversificada panóplia de dados históricos, culturais e científicos disponíveis, bem como das sensibilidades locais e especificidades regionais, nomeadamente ao nível da sua gestão.