Glossário da organaria


 

          BASTARDA

          Termo que se aplica às trombetas de ressoadores curtos. São diversos os jogos de tubos que recebem esta designação, no entanto, o mais comum é a Trombeta Bastarda.

 

          BORDÃO

          Nome genérico dos jogos de tubos tapados com reduzida altura de boca e, por consequência, com timbre levemente áspero. A diferença entre o flautado tapado e o bordão reside na altura da boca deste, menor que a daquele.

 

          CHEIO

          Nome genérico para os jogos compostos.

 

          CÍMBALA

          Varia muito a sua composição. Consiste, geralmente, num jogo composto por harmónicos de ordem elevada (22ª e superior) e, frequentemente, por vozes de oitava e de quinta.

 

          CLARIM

          Jogo de palheta de 12 palmos. A designação é habitualmente reservada para o meio-registo da mão direita, o qual corresponde a ressoadores abertos com campânula situados na fachada do órgão.

 

          CLARINETE

          Jogo de palheta que imita o instrumento homónimo, constituído, regra geral, por ressoadores cilíndricos.

 

          CLARÃO

          Jogo composto por 6 ou 7 vozes harmónicas variáveis. Habitualmente, o clarão é o meio-registo de mão esquerda, correspondendo à corneta da mão direita e comportando também intervalo de 3ª.

 

          COMPOSTA

          Designação para descrever um jogo composto.

 

          CORNETA

          Jogo composto em que ocorre o intervalo harmónico de 3ª, desde que constituído por cinco ou mais vozes lineares.

 

          DOZENA

          Jogo harmónico simples, distante da fundamental um intervalo de 12ª.

 

          FAGOTE

          Jogo de palheta de 12 palmos, algumas vezes de 24 palmos, com ressoadores cónicos estreitos.

 

          FLAUTA

          Jogo de tubos labiais em que a pequena distância entre lábios provoca uma significativa redução do conteúdo harmónico.

 

          FLAUTADO

          Jogo de tubos labiais ou de boca, desde os 24 palmos até aos harmónicos superiores nos jogos compostos.

 

          FLAUTIM

          Designação por vezes aplicada ao jogo de quinzena de flauta.

 

          NAZARDO

          Nome algumas vezes atribuído à Quinta Real ou, mais vulgarmente, à Dozena.

 

          OBOÉ

          Jogo de palheta sucessor do boé seiscentista e setecentista.

 

          OITAVA

          Qualquer tipo de jogo, situado uma oitava acima do fundamental. A oitava comum é de 6 palmos, podendo ter 12 palmos se o jogo fundamental possuir 24.

 

          PÍFARO

          Jogo de flauta de ponta, de 6 palmos, habitualmente apenas usado no meio-registo da mão direita. Ocorre algumas vezes como jogo harmónico a duas vozes, constituído por oitava e dozena ou oitava e quinzena.

 

          QUINZENA

          Jogo harmónico simples, distante do fundamental um intervalo de 15ª.

 

          RECÍMBALA

          Jogo harmónico, geralmente de 4 ou mais vozes com base na 29ª e constituído por oitavas e quintas.

 

          REGISTO

          Puxador, alavanca ou qualquer outro sistema destinado a suscitar ou a inibir o funcionamento dos diversos jogos do órgão.

 

          RESSOADOR

          Corpo de um tubo de palheta, destinado a ampliar o som produzido por ela.

 

          TAMBOR

          Registo de percussão em que um tambor autêntico é percutido; também designa um efeito acústico idêntico ao obtido quando do batimento entre dois tubos de som grave, soando concomitantemente e desafinados, alguns ciclos por segundo.

 

          TROMBETA BASTARDA

          Ver Bastarda.